divider

EVOLUÇÃO E RESPONSABILIDADES


TRIBUNA JURÍDICA

ZARUR MARIANO*

e-mail: zarur@zmadvogados.adv.br

 

“Eu ainda acredito que uma pessoa muito rica deve deixar para seus filhos o suficiente para eles fazerem qualquer coisa, mas não o suficiente para não fazerem nada.” (Warren Buffet, investidor e filantropo americano).

 

CONTABILISTA:

EVOLUÇÃO E RESPONSABILIDADES

Hoje, 22 de setembro, é o dia em que se comemora a importante e honrosa profissão de Contador, cuja atividade está direta e intimamente ligada ao desenvolvimento socioeconômico da humanidade.

NOVOS TEMPOS.       O crescimento das relações sociais, da era digital e instantânea, dos controles cada vez mais eficazes em todos os setores, aumenta a expectativa de todos, oportunizando um olhar cada vez mais atento à tributação, na busca incessante de melhor atender ao bem comum. A complexidade das relações sociais e econômicas, a cada dia que passa, torna o mundo dos negócios mais competitivo e exige dos profissionais contábeis a mesma evolução. A profissão não para de crescer e se fortalecer, exigindo profissionais atualizados e especialização constante.

CONSULTOR CONFIÁVEL. O principal assessor dos empresários, normalmente, são os contabilistas, que tem íntima relação e conhecimento dos resultados econômicos, financeiros e patrimoniais de empresas e pessoas físicas. Não foi por acaso que o código civil de 2002 atribuiu de forma legal, mais responsabilidades aos contabilistas, para atender as necessidades do contexto socioeconômico atual.

  1. A responsabilidade profissional está inserida no âmbito legal, especialmente no que diz respeito às questões que envolvem crimes tributários e lesões patrimoniais provocadas por erros técnicos ou fraudes em documentos contábeis. O Código Civil, por exemplo, na Seção III – Do Contabilista e outros Auxiliares, trata das responsabilidades civis dos contadores (prepostos), definindo que são eles os responsáveis pelos atos relativos à escrituração contábil e fiscal praticados e ao mesmo tempo, podem responder solidariamente com seus clientes.

APOIO AO CONTADOR.  Todos nós, de uma forma ou de outra, dependemos deste indispensável e importante profissional. Saiba (muitos tem dificuldade de entender isso) que ele deve seguir fielmente ao código de ética profissional, aos princípios fundamentais de contabilidade, as normas brasileiras de contabilidade e a legislação comercial, fiscal e societária, a fim de evitar futuros transtornos e problemas de responsabilidade inerentes a sua própria profissão.

Através desta coluna, nossa admiração e homenagem a todos os contabilistas.

 

* Advogado, diretor da Zarur Mariano & Advogados Associados.

 


separator

separator