divider

IRPF-2014. DOCUMENTOS ESSENCIAIS. PREPARE-SE!


Coluna publicada no Jorna O Correio de Cachoeira do Sul nos dias 01 e 02/02/2014.

PORTAL JURÍDICO

 

Por ZARUR MARIANO*

e-mail: zarur@zmadvogados.adv.br

 

IRPF-2014. DOCUMENTOS ESSENCIAIS. PREPARE-SE!

 

Quer ficar bem com você mesmo e com o leão? Então não deixe tudo para a última hora. Faça um “check list” do que você vai precisar para declarar o imposto de renda pessoa física do ano calendário de 2013, levando em consideração os documentos abaixo, pois poderá se enquadrar em alguma ou algumas das situações elencadas.

Você deverá separar todos os recibos e notas fiscais que comprovem as despesas com educação, médicos, dentistas, planos de assistência médica em seu nome, de todos os seus dependentes e também do cônjuge, independente da opção pela declaração completa ou simplificada.

 

PRAZO: de 01/03/2014 a 30/04/2014.

DOCUMENTOS:

1. Cópia da declaração entregue em 2013 (ano calendário 2012);

2. Informes de rendimentos de salários, pró-labore, distribuição de lucros, aposentadorias, bem como das instituições financeiras;

3.  Recibos e notas fiscais relativos a despesas com saúde;

4. Comprovantes de despesas com instituições de ensino;

5. Comprovantes de aluguéis recebidos e também os pagos;

6. Recibos de pagamentos à previdência privada e também da oficial;

7. Documentos que comprovem venda ou compra de bens em 2013;

8. Comprovantes de pagamentos de prestação de bens, como veículos e imóveis em 2013;

9. Controle de compra e venda de ações, com apuração mensal de imposto devido nas operações;

10. Comprovantes de despesas do livro-caixa (para prestadores de serviço autônomo);

11. Darfs de carnê-leão pagos;

12. Comprovante de doações para fins de incentivos fiscais (Lei Rouanet, Audiovisuais, Fundos da Criança e do Adolescente);

13. Documentos de dívidas assumidas em 2013;

14. Todos os documentos acima (despesas, rendimentos, aquisições e vendas), referentes aos seus dependentes.

LEMBRETES IMPORTANTES:

Você deverá ter em mãos, ainda, para informar, o número do CPF dos seus dependentes maiores de 18 anos e de todos os alimentandos (quando for o caso). Não esqueça que todas as despesas e rendimentos dos seus dependentes devem constar em sua declaração.

Ainda com muitas dúvidas? – Conte com um contador! E bom trabalho!

 

*Advogado, diretor da Zarur Mariano & Advogados Associados.

 

 


separator

separator